A erisipela pode ser contagiosa

A erisipela pode ser contagiosa

Como já abordamos anteriormente, a erisipela é uma infecção cutânea que se manifesta a partir de determinadas bactérias, sendo a streptococcus a mais comum. O contágio se dá através de cortes ou pequenas fissuras na pele em contato com ambientes e superfícies contaminadas. As principais portas de entrada são as áreas de fácil contato como os pés (micoses ou ‘frieiras’), as mãos e o rosto.

Mas esta não é a única forma de contágio. A própria pessoa contaminada pela bactéria pode acabar sendo uma fonte de transmissão. Isso acontece quando o paciente não trata a erisipela adequadamente, de modo que a doença ocasiona feridas abertas. Assim, a bactéria pode ser transmitida pelo toque, pelas roupas, por objetos compartilhados e até mesmo pelo ar.

Portanto, os familiares, cuidadores e outras pessoas que convivem com alguém com este quadro de infecção devem tomar o máximo de cuidado com a higiene – principalmente os diabéticos. Além disso, evitar o compartilhamento de toalhas, roupas de cama, talheres etc.

Para saber mais sobre a erisipela, leia nosso artigo completo.

Faça seu comentário

Receba nossas novidades

NewsLetter

Arquivo

Categorias

× Atendimento!

Olá! Conheça o Instituto Vascular

Telefones: (11) 3266-8959 /  (11) 3262-0336
Rua Itapeva, 240 - 14° andar - Conj. 1407/1408
Bairro: Cerqueira César - São Paulo - SP

Telefones:
(11) 3266-8959(11) 3262-0336
Endereço:
Rua Itapeva, 240 - 14° andar
Conj. 1407/1408

Cerqueira César - São Paulo