Kinking de carótidas

Kinking de carótidas

Uma das características que as artérias carótidas podem assumir é uma tortuosidade provocada por um natural alongamento. O chamado kinking de carótidas (ou acotovelamento) são alterações angulares que podem ocorrer como consequência de deformidades degenerativas ou doenças do arco aórtico (tronco de onde elas nascem) como aneurisma (dilatações), disseccões, etc, que refletem nessas variações anatômicas. A causa dessas tortuosidades está também associada aos alongamentos naturais das próprias carótidas que, dentro de um espaço limitado como o pescoço, acabam por se acomodar em forma de “s” ou círculos, quando pode acontecer até de darem uma volta nelas mesmas (looping de carótida).

Além de fatores congênitos em si – que são os principais e que se acentuam com a idade –, estas variações podem ser agravadas por hipertensão arterial, doenças reumatológicas, diabetes, dislipidemia, fumo e doenças do coração, casos estes que independem da faixa etária.

A princípio, parecendo ser um aneurisma, o kinking não passa de tortuosidades, mas, devido à importância dessas artérias na irrigação cerebral, é preciso prestar atenção na intensidade destes desvios, medindo assim o risco de possíveis acidentes isquêmicos, apesar de raros nestes casos. Pesquisas no Brasil mostram uma chance 2,5% de ocorrência de acidente isquêmico transitório.

A partir do surgimento de sintomas como estes, ou mais graves, são estudadas as possibilidades do uso de medicamentos antiagregantes plaquetários, que afinam o sangue, evitando microembolias; ou então a própria cirurgia em si. Neste caso, é feito um encurtamento da artéria seguido de sua retificação.

Um aliado do paciente que identifica o kinking das carótidas é a facilidade deste diagnóstico, tanto para identificá-lo quanto para acompanhar sua evolução. O uso do ecodoppler colorido associado ao ecocardiograma transtorácico ou transesofágico, reunindo as informações sobre o arco aórtico e das carótidas nas regiões do pescoço, permitem um altíssimo nível de acuracidade (98% de índice de acerto). São exames não invasivos (sem uso de raio-x ou contrastes) que possibilitam inúmeras repetições, além de aferir detalhadamente os padrões hemodinâmicos e anatômicos do paciente.

Faça seu comentário

Receba nossas novidades

Arquivo

Categorias

× Atendimento!

Olá! Conheça o Instituto Vascular

Telefones: (11) 3266-8959 /  (11) 3262-0336
Rua Itapeva, 240 - 14° andar - Conj. 1407/1408
Bairro: Cerqueira César - São Paulo - SP

Telefones:
(11) 3266-8959(11) 3262-0336
Endereço:
Rua Itapeva, 240 - 14° andar
Conj. 1407/1408

Cerqueira César - São Paulo