“Minhas pernas doem. É problema de circulação.”

“Minhas pernas doem. É problema de circulação.”

Dando sequência aos mitos que envolvem a área da medicina vascular, neste artigo vamos tratar sobre essa aparente certeza de muitos pacientes.

“Minhas pernas doem. É problema de circulação.”

Pode ser circulação, mas não necessariamente. Em termos de circulação, existem dois motivos principais que causam dores nas pernas. O primeiro deles são as varizes, cujos sintomas envolvem dor com sensação de peso, como se a perna carregasse um chumbo, acarretando na dificuldade de andar. Alguns casos apresentam inchaços e uma consequente sobrecarga. O problema se agrava em pacientes com sobrepeso e obesidade.

O segundo motivo de dores nas pernas envolvendo circulação acontece em casos de aterosclerose (oclusão arterial), que também se manifesta como dor durante a caminhada. Essa condição faz com que a pessoa tenha claudicação intermitente, ou seja, dor na perna quando anda e que obriga a parar a marcha para melhorar. Após melhora, anda outro tanto.

De acordo com o grau da doença, a claudicação pode ser limitante, quando interfere pouco na qualidade de vida da pessoa, ou a claudicação incapacitante, cuja dor é imediata, impedindo a caminhada logo nos primeiros passos. A dor da claudicação pode ser na perna, coxa ou quadril, dependendo do nível do entupimento da artéria acometida.

No entanto…

A maioria dos pacientes que recebemos queixando-se de dores nas pernas são casos que nada têm a ver com problemas circulatórios, por mais que eles tenham certeza de que estão recorrendo à especialidade certa. A verdade, no entanto, é que se trata de casos específicos relacionados à fisiatria ou à ortopedia.

Os sintomas fisiátricos indicam problemas como tendinites e contraturas musculares ocasionadas por um esforço maior (como em esportes ou sobrecarga em pessoas obesas) ou movimentos intensos e repetitivos. Para outras pessoas, é pelo mero sedentarismo que, dentre os sintomas, estão as câimbras noturnas.

Já nos ortopédicos, as dores nas pernas muitas vezes são o reflexo de dores na coluna, que fazem com que o paciente use os membros inferiores para recompensar, gerando assim uma carga desproporcional à capacidade de cada um deles. Às vezes, essas dores também são geradas por deformidades físicas como joanetes, pés achatados e desvios dos joelhos.

De qualquer maneira, o paciente tem todo o direito de se enganar no diagnóstico. A atitude de procurar uma resposta com o especialista é exemplar. Passar por exames de check-up é a melhor maneira para manter uma boa saúde. Mais exemplar ainda é manter a busca, mesmo quando o diagnóstico não vem da especialidade que, a princípio, o paciente suspeita. É importante ouvir as orientações médicas indicando o especialista correto para acolhê-lo.

Faça seu comentário

Receba nossas novidades

NewsLetter

Arquivo

Categorias

× Atendimento!

Olá! Conheça o Instituto Vascular

Telefones: (11) 3266-8959 /  (11) 3262-0336
Rua Itapeva, 240 - 14° andar - Conj. 1407/1408
Bairro: Cerqueira César - São Paulo - SP

Telefones:
(11) 3266-8959(11) 3262-0336
Endereço:
Rua Itapeva, 240 - 14° andar
Conj. 1407/1408

Cerqueira César - São Paulo